29 junho, 2011

Apelo ao pessoal extrovertido


Hoje tive uma reunião. Nada de especial, igual a tantas outras mas com meia dúzia de pessoas que não conhecia. Tinha que participar. Mal abri a boca comecei a sentir as pernas a tremer, veio-me a ideia de isso se notar e aí tive que respirar fundo e pensar que ninguém percebia nada.
Este é um dos truques que utilizo, assim como ir sempre impecável, ou seja, com roupa bonita mas discreta e acima de tudo confortável. Interiorizo sempre que sou confiante, que sei bem o que faço, que sei defender as minhas ideias, que percebo da minha área e que não sou melhor, mas também não sou pior que ninguém.
Penso que todos os outros têm inseguranças, medos e que se calhar até estão a passar pelo mesmo que eu.
Entro de cabeça erguida e tento mostrar-me á vontade. Mas no fundo morro de medo, e o pior, não sei porquê!

Gostava muito de ser daquelas pessoas que falam em público com o mesmo á vontade com que falam em casa. Gostava de mostrar aos outros o que quero dizer, nunca consigo dizer tudo porque vou paralizando. Gostava de me fazer ouvir, de cativar, de disfrutar desse convívio, mas não consigo.

Podia simplesmente tentar evitar essas situações, mas além de não ser sempre possível, eu não quero ser assim. Quero resolver isto e tento-o todos os dias. Já estou muito melhor, mas longe do que quero ser. Não sei se algum dia o conseguirei mas continuarei a tentar.

Agora digam-me, como é que vocês se safam?

9 comentários:

MariaNaLua disse...

Eu por acaso acho que até me safo bem..na faculdade sou sempre eu a escolhida para apresentar os trabalhos de grupo, fico nervosa mas gosto! lol.. mas aprecio muito o teu esforço, e acho que te estas a safar babaste bem! :)

Verita disse...

Eu tremo que nem varas verdes e evito ao máximo ter que falar para muita gente porque é um desatino. Sei que para ultrapassar os nossos medos devemos enfrentá-los, mas acho que mais facilmente me faziam dar um salto de pára-quedas do que falar para um grupo de 100 pessoas!!

mllissa disse...

MariaNaLua: Se calhar o segredo é esse, gostar! Mas eu nunca vou gostar enquanto não ultrapassar isto. Credo, só de pensar!

mllissa disse...

Verita:
De pára-quedas eu até saltava por gosto, hehe, aí sou bem radical, mas falar para 100 pessoas, ai, nem gosto de imaginar isso...

Gorduchita disse...

Diria que é uma questão de tempo e prática.
Na faculdade, até ficava com as palavras a meio.
Nos últimos anos, até apresentações em cine-teatros já fiz!
Gostar não gosto mas já faço sem stressar demasiado com isso.
Acho que o segredo é saber do que estamos a falar! :)

Dreaming disse...

eu geralmente tento falar o mais descontraída possível e essencialmente preparo no dia anterior aquilo que vou dizer mais ao menos. E na altura de falar tento abstrair-me das pessoas e olho para alguém que me dê confiança, mesmo que não conheça. Tenta fazer isso :D

Monika Kardoso disse...

Tb penso que seja uma questão de prática! Eu pelo meu trabalho fui obrigada, fico mais confortavel com pessoas desconhecidas do que conhecidas mas tens umas boas tecnicas p melhorares!!

Márcinha light! disse...

Oi mllisa, tudo bem?
Vou te falar, sou super tímida, mas tb n me intimido, enfreto com pernas tremendo ou n!
beijos e uma boa semana!

mllissa disse...

Já vi que o problema é mesmo meu, fonix, é que fico mesmo nervosa caramba!

Percurso