02 março, 2011

Mas porquê??? Parvoíces e divagações

Desta vez não consigo utilizar a técnica do "que se lixe", desta vez estou mesmo furiosa. Que raiva! Porque é que me deu para aquilo? Não foi fome, nem vontade de um doce, foi mesmo vontade de me encher, percebem? Será que afinal também sofro de compulsão alimentar? Nem ando chateada com nada, pelo contrário, tenho bons motivos para andar feliz, e ando. A questão é que estava a um pequeno passinho de alcançar uma coisa que me ia deixar tão contente, os 62 Kg. Porque é que mesmo no limite não deixei que isso acontecesse? Esta gaita deixa-me a pensar...porquê? Não percebo.
E depois parece que tenho um problema hormonal qualquer...já repararam bem nos picos de disposição que eu tenho? E logo a seguir um pico de parvalheira? Enfim...
Pelos vistos vai passar e amanhã chego aqui a dar saltos de alegria, sei lá. A ver vamos.

Obrigada pelas vossas palavras, só ando para aqui a lamentar-me outra vez, sorry...

5 comentários:

Joana disse...

Não estarás com TPM? Isso explica muita coisa...
Vais chegar aos 62kgs num instante, vais ver! Força e não desistas :) *

omeuestranhoplaneta disse...

Sabes sempre ouvi as pessoas que emagreceram dizerem que o humor variou durante uns tempos. E eu quando emagreço também fico assim o que me assusta bastante. Mas deve ser até o corpo ficar habituado. Em relação aoq ue aconteceu penso que é uma artimanha do teu cérebro. Algum receio talvez? De as pessoas olharem amis para ti? De não cosneguires passar despercebida? (o que eu duvido que já aconteça actualmente.. eheheh) O que quero dizer é que deves fazer estas questões a ti mesma. Tens receio do que para não te eprmitires atingir os tão desejados 62Kg? Beijinhos e força. :)

mónica disse...

eu esta semana senti-me assim e tive dias desses mas por estar em TMP, num desses dias também comi besteiras com fartura e não era nem fome nem vontade de doces, foi comer por comer.

vais ver que isso passa. beijos

Meu Equilíbrio disse...

pois, às vezes comemos sem fome, a mim acontece-me isso, mais pelo sabor, pelos doces, tb para me "encher" mas sei que isto deve-se a algo relacionado com o medo, com a ansiedade, nervosismo, stress... Para me sentir bem, e completa, para deixar de pensar... Mas estou a melhorar e a pensar melhor antes de me ir "encher", mas existem dias boas e maus... Não leves tão a peito e continua a tua caminhada. Força!

Julie disse...

Tenho passado por muitos episódios assim. Aliás, até já tive alturas piores, em que há noite, principalmente ao fim de semana, era um invadida por um desejo subito de comer. Não era fome, era comer por comer. E empaturrava-me de bolachas até (quase) não poder mais. Isto até nem tem muitos meses, mas felizmente passou. Continuo a ter os meus "ataques" mas não aquele vontade de devorar tudo.
Hoje ainda tenho algum problema com a comida, ando aqui a tentar emagrecer há uns tempos e não consigo, se aguento 1 ou semanas a a fazer tudo direitinho... quando a balança começa a descer... ora que lá estou e estrago tudo. E lá vou ganhando mais peso doque perco...

Sei que não ajudei e este comentário é mais desabafo que outra coisa... Desculpa. :$

Beijinhos e calma. Vais conseguir.

Percurso